Nota de solidariedade aos estudantes e professores de verdade da FFLCH-Letras

Desde o início da atual greve que invade a USP, a Chapa Reação vem denunciando os atos abusivos do Comando de Greve e seus CAs aliados. Na manhã de hoje, 28 de novembro, mais uma vez os estudantes que se recusaram a aderir à greve testemunharam um ato deprimente.

Durante a realização de uma prova de Linguística, a sala de aula foi invadida por membros do Comando de Greve, que viraram a mesa do professor Marcelo Barra e o puseram contra a parede, em posição de ameaça física. Como resultado, a aplicação de prova de todas as outras turmas de Linguística foi cancelada.

Ainda da forma mais cínica possível, o CAELL (Centro Acadêmico da Letras, do PSTU) se pronunciou através de membros da sua gestão alegando que “não puderam controlar” o agressor. Esta suposta falta de controle não é vista em assembléias e piquetes, quando orquestram uma administração de recursos humanos extremamente eficiente, fazendo uma franca minoria abusiva conseguir impedir que a maioria adentre um prédio para ter aula ou que se expresse oralmente sem medo de coação. Também lembramos que este Centro Acadêmico serviu como um dos sustentáculos para o GOLPE das eleições do DCE e da exclusão do CAVC-FEA da Comissão Interina do DCE, como denunciado anteriormente.

Neste momento está clara a situação de alguns cursos da USP, mais notavelmente da FFLCH, que são reféns dos setores extremistas do movimento estudantil que mantém controle dos corpos discentes e docentes através das táticas mais fascistas existentes.

Anúncios

Uma resposta para “Nota de solidariedade aos estudantes e professores de verdade da FFLCH-Letras

  1. Cara, onde se vê isso… Um professor doutor sendo coagido no exercício de sua função, um funcionário público desrespeitado em seu local de trabalho… ISSO É CRIME! Até quando esses aí (vou ponderar no vocabulário) que não merecem ser chamados de estudantes vão continuar acima da lei? Até quando eles pisarão nas leis que os demais cidadãos têm obrigação de respeitar, e que o Estado democrático tão penosamente construído sustenta?

    ISSO É REVOLTANTE!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s