Resposta a difamações em período eleitoral

Sobre as difamações envolvendo o financiamento de nossa campanha:

As chapas grevistas concorrentes da Reação, totalmente financiadas e dependentes de partidos políticos da extrema esquerda brasileira, não medem esforços em macular a imagem de nossa candidatura, insinuando recebermos apoio de proporções bíblicas de partidos ou organizações de extrema direita e até mesmo, por exemplo, da indústria armamentista. Se tal boato fosse verdade os membros da Reação estariam pelo menos vestindo camisetas da chapa, porém estas não existem, exatamente por falta de dinheiro.

O patrocínio de nossa campanha é realizado voluntariamente por Marcos Vidigal, estudante de graduação de Filosofia, cuja identidade permaneceu oculta até o momento por medo de represálias, uma vez que ele já foi vítima de insultos como “velho decrépito” proferidos por membros do SINTUSP na FFLCH.

Sobre a saída de Thiago SAL (EEL) e Marieta Carvalho (ECA):

Desde sua inscrição para a eleição do DCE-USP em novembro do ano passado, a Chapa Reação recebeu uma grande exposição e penetrância dentro da comunidade universitária. Além dos estudantes originalmente inscritos na chapa, dezenas de outros somaram-se à grande lista de colaboradores e apoiadores de nosso projeto de mudança da realidade universitária.

Apesar de dispor de um crescente aporte humano, a Reação não desenvolveu uma estrutura profissional de gestão eleitoral, pelo fato da ampla maioria de seus membros estarem disputando o DCE pela primeira vez, e não contar com militantes profissionais entre suas fileiras. Esta diferença continua sendo um dos diferenciais fundamentais entre a Reação e seus concorrentes, e nos é motivo de orgulho, não de vergonha.

Um dos reflexos desta organização deficitária foi infelizmente uma descontinuidade do canal de informação entre a capital e alguns campi do interior. Essa questão foi agravada pela saída, por motivos familiares, de outro membro da chapa, que era o então responsável pela comunicação entre São Paulo e Lorena. Essa falha, infelizmente interpretada como descaso,  motivou a saída de Thiago, a quem membros da Reação já manifestaram suas sinceras desculpas.

Por motivos análogos de falha de comunicação interna, alguns estudantes em fim de curso com baixo comparecimento físico na universidade também acabaram sendo afetados por este cenário, como foi o caso de Marieta.

Anúncios

Uma resposta para “Resposta a difamações em período eleitoral

  1. Voces tem tudo o apoio e a torcida do blog ciencia brasil, que briga pelas Liberdades (freedom!) na UnB (que é comandada por um bando de comunas). Boa sorte na eleição!

    Marcelo Hermes Lima
    prof de bioquímica da UnB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s