NOSSOS INSCRITOS

Estudantes oficialmente inscritos na chapa REAÇÃO em NOV/2011:

(I)   inscritos que concluíram a graduação em 2012.
(II) inscritos que se retiraram da chapa antes da votação.

NOME

UNIDADE

CURSO

1

Alan Bragança Winther

EP

Automação e Controle

2

Alexandre Suehiro de P. e S.

EP

Sistemas Eletrônicos

3

Ana Paula de Jesus R.

IGC

Geologia

4

Arthur Endlein C.

IGC

Geologia

5

Arthur Holzhacker A. (“Tunão”)

EP

Engenharia Ambiental

6

Blas L. Sanchez

EP

Telecomunicações

7

Bruno Pinheiro de M. L. (“Bem-te-vi”)

EESC

Aeronáutica

8

Caio A. P. Gaya (“Teddy”)

EP

Civil

9

Daniel Falcão da Rocha

EP

Sistemas Eletrônicos

10

Danilo F. Sant’ana

FFLCH

Ciências Sociais

11

Dimitrius D. Pulvirenti

FFLCH

Geografia

12

Fabio Mello S. e S. (“Avatinho”)

EACH

Gestão de Políticas Públicas

13

Felipe C. Martins

EP

Materiais

14

Filipe Cissoto P.

EP

Civil

15

Flavio (“Morgenstern”)

FFLCH

Letras – Alemão (bacharelado)

16
(I)

Gabriel L. Fidalgo

EP

Automação e Controle

17

Guilherme Z. Quirino (“Dante”)

EP

Computação

18

Heitor N. Varela

EEL

Bioquímica

19

Henrique de C. Petean

FOUSP

Odontologia

20

João Paulo Chaim (“Bariri”)

EESC

Civil

21
(I)

Jonatas Levi B. de S. (“Bob Levi”)

FEARP

Administração

22

Jorge L. Casseb Q.

EACH

Gestão de Políticas Públicas

23

José Oswaldo de O. Neto

EP

Energia e Automação

24

Juan Felipe de Q. Leles (“Mumbai”)

EESC

Civil

25

Khalil Ahmad Khalil

EP

Computação

26

Leandro Augusto D. Andrade

EEL

Química

27

Leandro Timossi de A. (“Sheldon”)

EACH

Gestão de Políticas Públicas

28

Leonardo Raiter P. (“Crepúsculo”)

EACH

Gestão Ambiental

29

Lilian Macedo

FFLCH

Ciências Sociais

30

Lucas Petean A.

FFLCH

Ciências Sociais

31

Lucas S. Sorrillo

EP

Engenharia – CICLO BÁSICO

32

Luis P. Mamprim (“Vampirinho”)

EACH

Gestão de Políticas Públicas

33

Luiz Henrique C. Padua (“Castor”)

EACH

Gestão de Políticas Públicas

34

Marcelo Maki H.

EP

Civil

35

Marcelo S. Pereira

FFLCH

Letras – Português (bacharelado)

36

Marcio Oshiro

EP

Energia e Automação

37
(I)

Marcos B. Pioltine

EP

Energia e Automação

38

Marcus V. V. Roggero

EP

Civil

39
(II)

Marieta Carvalho G. C.

ECA

Relações Públicas

40

Mayko A. S. de Oliveira

IGC

Geologia

41

Nattan I. de Oliveira de Lima

EP

Energia e Automação

42
(I)

Philipe C. T. Pereira (“Mineiro”)

EP

Energia e Automação

43

Pilar F. Gomez

FFLCH

História (bacharelado)

44

Rafael F. P. de Aguiar

EP

Sistemas Eletrônicos

45

Rafael Quinones A.

ICMC

Ciências da Computação

46

Rafael R. de Andrade

FFLCH

História (bacharelado)

47

Renan B. Muller

EP

Energia e Automação

48

Ricardo B. Saito

FEARP

Economia Empresarial e Controladoria

49

Roberto E. Farina F.

FFLCH

Ciências Sociais

50

Roberto Pedroso Pires Filho (“Betão”)

EP

Sistemas Eletrônicos

51

Robson Zanovello

FFLCH

Ciências Sociais

52
(II)

Rodrigo Souza Neves

EACH

Gestão de Políticas Públicas

53

Romulo Augusto de C. O.

EACH

Sistemas de Informação

54

Stephanie L. P. Blum

IME

Matemática Aplicada e Computacional

55

Sylvio Alarcon E. J.

FFLCH

Ciências Sociais

56

Thais B. de Souza

EESC

Civil

57
(II)

Thiago de Castro Salvalagio (“SAL”)

EEL

Materiais

58

Victor W. D. Sadalla

FFLCH

Ciências Sociais

59

Vinicius H. Aurichio (“Pé-de-pano”)

IFSC

Física: Técnico-Experimental

60

Vitor L. Camizotti G.

ICMC

Ciências da Computação

61

Winicius O. do Carmo

FFLCH

Ciências Sociais

Uma resposta para “NOSSOS INSCRITOS

  1. Boa noite.
    Acho louvável essa iniciativa de se restabelecer um verdadeiro movimento estudantil livre de partidarismo na USP. No entanto, fico apreensivo pela ausência de representantes da Faculdade de Medicina da USP. Isso não só devido à importância dessa unidade para a saúde do país ou por eu ter de lá recebido meu diploma, mas também pelo fato de que a USP foi fundada na Faculdade de Medicina, em cerimônia realizada em sua sala da congregação.
    A USP não pode esquecer suas raízes, assim como o movimento estudantil também não pode. Sabemos que tradicionalmente os alunos da medicina são mais conservadores e partilham de ideias que podem divergir das de outros alunos, mas isso não justifica excluir esssa importante unidade do movimento estudantil.
    Obrigado e boa sorte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s